07/06/2019

Trabalho reconhecido. Servidor do Detran recebe vários elogios pelas redes sociais

Júlio César, o Cesinha da Vila Luciene

Quem está com a bola toda é Júlio César Vieira dos Santos, o Cesinha da Vila Luciene, funcionário do Detran/ES, lotado na 13ª Ciretran, em Barra de São Francisco/ES. Ele tem sido muito elogiado nas redes sociais pelo trabalho desenvolvido e pela forma com a qual trata as pessoas que constantemente procuram aquele órgão.

Pelas redes sociais são várias as manifestações de elogios e agradecimentos ao funcionário, que procura realizar seu trabalho com eficiência. Segundo as pessoas, ele está sempre de bom humor e pronto para servir o cidadão. “O jeito que ele atende nos dá uma sensação de tranquilidade”, disse Josefa Maria Hernandes.

A atenção e o zelo com que Cesinha trata as pessoas que recorrem ao órgão em busca de uma solução para seus problemas, acaba com aquele mito de que servidor público não trabalha direito, atende mal ao público e está sempre de mau humor. Brincalhão, mas sempre responsável, Cesinha consegue agradar a todos sempre.


Cesinha está sempre pronto para o trabalho

O Sr. José Antônio Correia é um dos que não se cansam de elogiar o trabalho do servidor do Detran. “Não desfazendo dos demais funcionários da Ciretran, que também são excelentes, o Cesinha tem um diferencial. Ele está sempre alegre e pronto para resolver o problema de quem procura o Detran. Que continue sempre assim”.

Talvez a explicação para esse bom desempenho dele no órgão público esteja no fato de que Cesinha sempre esteve em contato com o povo, inclusive na condição de líder comunitário do Conjunto Habitacional Vila Luciene, onde reside há vários anos e sempre procura ajudar aos moradores, reivindicando melhorias para o local.

Colocação da primeira placa do Mercosul na cidade
Além de ser um insistente defensor de melhorias para o seu bairro, Cesinha procura também tornar melhor a vida das pessoas, com realização do Natal Solidário, destinado às famílias mais carentes do bairro, e realização de festas para as crianças das vilas Luciene e Santa Isabel, todo dia 12 de outubro, Dia das Crianças.

Ao ser procurado para comentar os elogios recebidos, Cesinha agradeceu, mas preferiu não comentar, afirmando que está apenas fazendo da melhor forma possível o seu trabalho, para o qual é pago pelo Estado. “Tratar bem e transmitir tranquilidade aos que nos procuram aqui na 13ª Ciretran é obrigação de todos nós”, enfatiza.








06/05/2019

Jovem se sente humilhada ao ser expulsa do shopping por usar short muito curto



Gabrielle foi expulsa do shopping ...
Por causa de um short jeans muito curto, a jovem Gabrielle Gibson, 19 anos, foi expulsa de um shopping em Mobile, no Alabama, EUA. Ela foi retirada do shopping pelos seguranças, haja vista que o seu traje foi considerado inapropriado para o local. Gabrielle afirma que ficou muito triste com o acontecimento.

Ela contou que funcionários do Shopping at Bel Air disseram que os homens não estavam conseguindo se controlar ao vê-la com o short tão diminuto. Para evitar que ela fosse agarrada em público pelos homens incontrolados, a direção do shopping determinou aos seguranças que a colocassem para fora bem rápido.

... porque estava usando esse short
Gabrielle disse que se sentiu muito humilhada ao ser expulsa do shopping, e que estava só tentando ter um dia agradável passeando pelo estabelecimento. “Os seguranças que me levaram para fora disseram que os homens estavam olhando muito para minha bunda e isso, segundo eles, era um problema”, contou ela.

Ela acrescentou que ouviu alguém dizendo que não deveria usar short curto por causa das coxas grossas. Gabrielle tentou permanecer no local dizendo que aquilo não a incomodava e que não deveria incomodar a ninguém, mas os seguranças ameaçaram chamar a polícia e então ela se mandou do local.

Minha secretária, depois de observar bem as fotos de Gabrielle, fez uma cara estranha e sem titubear, disse: “Uai, chefinho. Se lá nos Estados Unidos uma baranga dessas deixa os homens incomodados, imagina se eles derem um passeio pelos nossos shoppings. Vão e fazer um arrastão nas mulheres”!









20/04/2019

Jovem acaba preso por furar moeda de um real para fazer pingente de colar

Por causa dessa moeda um jovem foi preso

Enquanto bandidos de alta periculosidade agem diariamente assaltando, agredindo e matando cidadãos de bem, a polícia perde tempo prendendo pessoas por nada. Foi o que aconteceu com um jovem de 19 anos, que foi preso na quarta-feira, 17, por furar uma moeda de um real.

O referido jovem foi abordado pela polícia de Vilhena/RO, durante um patrulhamento no Bairro Cristo Rei e durante a abordagem apurou-se que ele não possuía CNH. Até aí tudo bem. O problema é que o rapaz estava também com uma moeda de um real furada e por isso foi preso.

O rapaz justificou que havia furado a moeda para usar como pingente, mas os policiais não deixaram por menos e lhe deram voz de prisão por dano ao patrimônio, encaminhando-o à Unisp (Unidade Integrada de Segurança Pública), onde depois de ouvido foi liberado. A moeda foi apreendida.

Sabe-se que de acordo com o inciso II do artigo 163 do Código Penal Brasileiro, destruir ou danificar dinheiro pode ser considerado crime contra o patrimônio da União. Entretanto, trata-se de crime de pequena monta que não justifica tantos gastos e tanto oba oba por parte da polícia.

Por causa de uma moeda de um real a polícia teve que fazer uso de seu recurso humano, gastou veículo, gasolina e muito tempo até conduzi-lo à Unisp, que por sua vez também fará outros gastos com papeis, equipamentos, estrutura do órgão etc. E tudo isso por causa de uma moeda de um real.

Francamente, chega a dar tristeza ver como as coisas funcionam no Brasil, onde por causa de uma moeda a polícia gasta todo seu aparato para levar um jovem à prisão. Aquele tempo perdido por causa de uma simples moeda furada poderia ter salvo muitos de uma agressão, assalto ou homicídio.

Revoltada, minha secretária que tem um colar só de moedas antigas, desabafou: “É, chefinho. Se por causa de uma moeda o rapaz ficou preso por várias horas, se me pegarem vou ser condenada à prisão perpétua. Por que não vão atrás do Queiroz ao invés de se preocupar com moedas?”





Trabalho reconhecido. Servidor do Detran recebe vários elogios pelas redes sociais

Júlio César, o Cesinha da Vila Luciene Quem está com a bola toda é Júlio César Vieira dos Santos, o Cesinha da Vila Luciene , funcio...